DicasEstagiário / Trainee Cadastre-se

Vocação x Profissão: A difícil escolha

Não tem nada que mais angustie uma pessoa do que não saber qual a sua vocação ou trabalhar numa profissão onde não sinta satisfação.

O primeiro caso, geralmente acontece com estudantes que estão terminando o Ensino Médio e precisam prestar vestibular, tendo que optar por um, dentre dezenas de cursos oferecidos. Somado a isso, está a dúvida, a insegurança e a famosa pergunta “É realmente isso que eu quero fazer?”

Há muitas profissões no mundo, mas nem sempre na escolha dessas, há vocação para exercê-las bem, pois na sociedade em que vivemos o enfoque é dado na rentabilidade, no dinheiro que determinada profissão pode dar. Muitos sabem a vocação que devem seguir, mas não conseguem assumí-la pelo medo da responsabilidade, preferindo viver na mediocridade de fazer qualquer coisa de qualquer jeito.

Um exemplo de determinação e de amor é sem dúvida o de Madre Teresa! Conta-se, que uma vez ela pediu um conselho ao seu confessor sobre sua vocação, perguntando como poderia saber se Deus a estava chamando e para quê Ele a estava chamando. O confessor respondeu: “Você saberá por intermédio da sua felicidade. Se estiver feliz com a idéia de que Deus a chama para servi-Lo e a seu próximo, essa será a prova de sua vocação. O contentamento profundo do coração é como que um ímã que indica a estrada da vida. É preciso seguí-lo ainda que você entre em um caminho cheio de dificuldades”.

A satisfação e o sentimento de realização de trabalhar numa profissão de que se goste, refletirá no bom desempenho e reconhecimento do trabalho. Aliás, as pessoas trabalham com mais entusiasmo, alegria e eficiência, quando têm o seu trabalho reconhecido.

É repetitivo mas é sempre bom lembrar que o ser humano tem qualidades e defeitos, bons e maus sentimentos, negar isso seria uma insensatez. O que acontece é que as pessoas costumam focalizar muito nos defeitos, esquecendo do que realmente é importante: as suas qualidades, os seus dons, a sua vocação.

O importante é trabalhar naquilo que traga satisfação, bem estar, evitando o sentimento de frustração e você não só será reconhecido pelo trabalho que desempenhar como sentirá plena realização, pois como diz um provérbio chinês: “Escolha uma ocupação de que goste e jamais terá que trabalhar um só dia de sua vida”.

· Concludente do Curso de Ciências Sociais, especialização em Ciência Política/UFAC

A DIFÍCIL ESCOLHA DA PROFISSÃO

Terceiro ano do ensino médio. Surge de volta aquela perguntinha que sempre alguém faz quando somos crianças: "O que você vai ser quando crescer?"... Você pára, pensa e não sabe responder. Normal, você não é a única. E nem deve entrar em pânico por isso.

A escolha da profissão é algo muito difícil, que muitas pessoas demoram até anos para decidir. Ninguém decide isso de uma hora para outra. E mesmo que sua família ou amigos desejem que você siga determinada carreira, a decisão é sua e deve ser consciente. Para isso, aí vão algumas dicas:

Converse MUITO com seus professores. Peça a eles que falem sobre as profissões.

Leve em consideração as matérias que você gosta de estudar. Por exemplo: se gosta de língua portuguesa, pode fazer Letras ou Jornalismo. Se gosta de física e matemática, que tal Engenharia?

Procure visitar os ambientes de trabalho. Se você se interessa por Advocacia, vá a escritórios ou até mesmo a audiências e fóruns. Se quer fazer Medicina, visite um consultório ou clínica.

Organize-se com o pessoal do colégio para visitar universidades. Não esqueça de antes entrar em contato com a diretoria e marcar um horário. Assim, além de conhecer os cursos, você também pode conhecer o ambiente e as instalações de uma faculdade. Isso facilita a escolha.

A opinião de amigos e parentes é muito importante, mas não se deixe influenciar totalmente. Não é porque sua melhor amiga vai prestar vestibular para medicina que você também vai, quando você não suporta ver sangue...

Existem profissões que estão "em alta", outras estão "em baixa". Pesquise. Veja a quantidade de vagas abertas na universidade, as oportunidades disponíveis, a possibilidade de conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho, o salário médio... Mas não conte apenas com isso. A sua satisfação pessoal vale mais que tudo.

Procure sites na internet que falam sobre faculdades ou realizam testes vocacionais. Abaixo, alguns deles:

http://www.carlosmartins.com.br/testevocacional.htm
http://www.vestibular1.com.br/testes/testevocacional2.htm
http://testevocacional.hypermart.net
http://www.estudantes.com.br/vocacional/default.asp?sit=N

O mais importante: não se esqueça que antes de ser bem sucedida na profissão, você deve ser bem sucedida no vestibular! Estude bastante, com calma e concentração. Se você traçar um objetivo e lutar por ele, com certeza será uma profissional de sucesso no futuro!

Charlayne Primo

redacao@sempreteen.zzn.com

Fátima Rúbia Messias Cadaxo *

Confira os demais artigos:
  • Jogo das vocações.
  • Orientação vocacional - Pesquisa de interesses.
  • Saiba onde fazer.
  • Página Anterior